Pessoas que passaram por uma experiência que causou grande medo, dor, angustia, ou algo com imenso sofrimento físico ou psicológico, podem ficar traumatizadas e afetar seu comportamento, pensamentos e sentimentos.

Pesquisas recentes demonstram que não existem situações universais padrões que causam um trauma, isso porque a percepção e compreensão do que acontece é percebida por cada pessoa de maneira muito particular. Uma mesma situação pode ser percebida e compreendida de maneiras muito diferentes por pessoas diferentes.

Eventos costumeiramente percebidos e compreendidos como traumáticos são: agressões físicas, abandono, assaltos, violência sexual, guerras, maus tratos durante infância, invalidez ou convalescência, situações de medo com stress extremo e intenso desgaste emocional.

Vou te contar uma coisa, não é segredo, mas, muitas vezes nos esquecemos: é você quem comanda sua mente, você pode parar de dar atenção às lembranças ruins, você pode sim escolher seus pensamentos.

Tomar consciência da percepção que você dá aos acontecimento, bem como, qual o impacto disto em sua vida e a ressignificação do evento, é o primeiro passo para conseguir se livrar da sensação de medo, raiva, culpa, vergonha, sentimento de vingança.

É preciso elaborar esses pensamentos para conseguir expressar esses sentimentos, é importante falar do que dói, quando guardamos essa dor ela não é esquecida. Conversar sobre como se sente pode, no primeiro momento, parecer muito doloroso, mas é um dos caminhos para superar o trauma. Por isso as pessoas fazem terapia.

Uma dica simples para o dia a dia, e que ajuda a compreender o trauma, é escrever seus pensamentos, lembranças relacionadas a experiência, inclusive qual a sua reação diante de situações que remetem ao avento. Ver essas memórias em uma folha de papel pode ajudar a compreender melhor o que sente a respeito.

Um dos meios mais eficazes para eliminar os traumas é com Técnicas de Programação Neurolinguística, que ajudam a compreender e ressignificar experiências traumáticas, mudando a maneira de você lidar com situações que até então te limitam e bloqueiam. A PNL pode inclusive desenvolver mecanismos nas situações de crises e socializá-lo novamente.

Pin It on Pinterest

Share This