Ser mãe é desafiador. É poder gerar o bem mais precioso do mundo.

Ser mãe é saber que não há um modelo certo ou um manual a ser seguido. É saber agir pensando com o coração.

Ser mãe é exercer tarefas com sentimentos ambivalentes. É doar sem medidas o seu ser, a sua história, a sua experiência, suas lágrimas, seu tempo. Ao mesmo tempo em que o quer fora do ninho, há um movimento de ir e vir, de soltar e segurar, de libertar e acolher. É ter a intenção de que um dia os filhos voem, saber recolher as suas asas e deixar ir.

Ser mãe é ter a capacidade de ouvir através do silêncio, fortalecer quando tudo aprece desabar, cuidar, zelar.

Ser mãe é incentivar a individualidade, o alicerce da personalidade. É confiar, dar liberdade para decidir e auxiliar a desenvolver a vontade consciente.

Ser mãe é formar filhos com capacidade crítica e reflexiva para a construção do pensamento próprio.

Ser mãe é amar… o amor é o fator emocional mais importante e poderoso para o crescimento e desenvolvimento saudável, sendo o afeto o principal alicerce desde a primeira infância.

Ser mãe é educar os filhos com compreensão e respeito contribuindo para a inteligência emocional que influenciará positivamente em vários aspectos e fases da sua vida.

Ser mãe é amar incondicionalmente com intensidade desmedida e incontida. É incentivar a autonomia dos filhos e saber que este movimento é longo.

Ser mãe é praticar a mais bela e complexa arte da inteligência emocional. É fascinante. É brilhante. É ter sensibilidade para perceber com o coração o que ninguém percebe. É acolher com naturalidade no olhar, na fala, no andar, no carinho, no afeto.

Ser mãe é buscar equilíbrio emocional para reagir às situações de estresse do dia, relacionar-se de forma positiva e construtiva. Saber reconhecer comportamentos, atitudes, limitações e potenciais tornando-se autenticas, únicas e seguras de si.

Para o equilíbrio e gestão emocional o Instituto Ideah traz às mamães a possibilidade de descobrir e aprofundar em novos caminhos através de novas soluções na sua relação com os filhos.

Ser mãe é estar incessantemente em busca de algo melhor para os filhos e para a relação. Consiste na busca constante de autoconhecimento, autodescoberta e autodesenvolvimento.

Ser mãe …

Carla Arima – Psicóloga e Terapeuta do Instituto Ideah

Pin It on Pinterest

Share This