Grande parte dos motoristas, ciclistas e mesmo os pedestres subestima o real perigo de dirigir, pedalar ou simplesmente andar pelas ruas, se esquecendo de que bastam alguns segundos de distração, com um celular, por exemplo, para se envolver em um acidente de trânsito, que pode colocar em perigo não só a própria vida, mas a de terceiros. Daí a importância do Movimento Maio Amarelo, que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo mundo.

Algumas técnicas de PNL, que visam principalmente à concentração e o foco, podem ser muito úteis para ajudar a diminuir as chances de acidentes. “As pessoas, ao fazerem a mesma coisa com frequência, como dirigir, acabam ligando o piloto automático. A partir daí o cérebro entra em uma na zona de conforto e começam os problemas de concentração e foco. Porém, por se tratar de uma habilidade, o foco pode sim ser desenvolvido”, afirma William Ferraz, explicando como: “A atenção é aleatória e pode ser guiada facilmente. Por outro lado, a concentração é a capacidade de manter o foco no que está fazendo. É sim possível controlar esse foco, mas, para entendê-lo, precisamos apreender antes sobre a Intenção, que é o significado que atribuímos a algo. Quando nós unimos Intenção e Atenção temos o que chamamos de Vontade. É exatamente isso que experimentamos com o gerenciamento do nosso foco: a habilidade de colocar em prática e fazer o que pretendemos de verdade”, afirma.

Outra preocupação é com as distrações no trânsito e nas ruas. De acordo com William, para evitá-las antes de tudo é necessário passar por um processo de auto-observação. “Comece descobrindo o que muda a sua atenção de direção. Como redes sociais, mensagens e músicas. Após descobrir, crie regras que permitam ficar com a atenção voltada apenas para a tarefa do momento, que, no caso é a direção”, explica ele, lembrando que o estresse é um dos maiores vilões quando se fala na dificuldade de concentração e foco. “Com o trânsito que temos nas grandes capitais, o estresse é eminente. Porém, a PNL te ajuda a manter a saúde emocional diante dos problemas que enfrenta diariamente, além de ajudar na utilização correta de todo o potencial do cérebro”.

Escrito pela Equipe da Hayai Assessoria

Pin It on Pinterest

Share This