A vida atribulada do dia a dia, marcada por uma série de atividades e preocupações, agendas lotadas e o deslocamento nas cidades grandes, sugam as energias das pessoas, que não param nem mesmo aos finais de semana, quando aproveitam para colocar em dia todo aquele trabalho que não deram conta na semana inteira. Com isso, não reservam nenhum tempo para curtir ou ficar com a família.

O que muitos não se dão conta é que uma parada nessa vida corrida é de suma importância para carregar as energias e renovar os pensamentos, já que a pressão por tempo prolongado acaba gerando cansaço, estresse, fadiga e ansiedade. De acordo com o Ministério da Saúde, o acúmulo de pequenos problemas, repetidos todos os dias, pode provocar consequências como aumento da pressão arterial e do número dos batimentos cardíacos que, sem dúvida, trazem consequências negativas ao organismo. Muitas vezes, porém, o simples fato de mudar de ambiente é suficiente para quebrar esse ciclo e a Programação Neurolinguística (PNL) pode ajudar nesse processo.

“A PNL conta com exercícios que levam o indivíduo a ter um alto grau de controle, o que facilita na hora de lidar com o estresse recebido no dia a dia. Através dessas técnicas é possível deixar sua mente em um estado positivo, forte e totalmente livre de bloqueios emocionais. Porém, é sempre necessário e importante dar uma pausa na rotina. O descanso da mente permite desligar o piloto automático e ter a oportunidade de entrar em contato com seu próprio eu, o que é substancialmente necessário, para atingir o equilíbrio emocional”, afirma William Ferraz, diretor do Instituto Ideah, e especialista em PNL, lembrando que as obrigações e compromissos do dia a dia impedem essa aproximação com seu eu interior. “O importante é escutar seu corpo, dar um descanso para sua mente e, assim, voltar melhor e mais disposto”.

No entanto, nem sempre o sonho da folga é realizado quando a hora de relaxar e aproveitar chega, já que muitos têm uma grande dificuldade em se desconectar do trabalho durante esse período. “As pessoas devem utilizar as férias verdadeiramente para descansar a cabeça. Assim, é importante não ficar pensando nos problemas e aceitar essa mudança na rotina. Outra dica é aprender a dizer não, já que, muitas vezes, mesmo de férias, a pessoa é procurada para resolver algum problema no trabalho”, conclui.

Artigo escrito pela equipe da Hayai Assessoria de Imprensa e Comunicação Integrada

Pin It on Pinterest

Share This