Diante do cotidiano desgastante, das obrigações e das cobranças diárias, que contribuem de forma decisiva para o desenvolvimento do estresse, nada melhor que aproveitar a pausa do Dia da Independência para descansar a mente, seja com uma viagem com a família ou mesmo relaxando em casa, de pernas para o ar. Porém, ao contrário do que muitos pensam, não é necessário esperar ansiosamente por um feriado para conseguir diminuir um pouco a pressão do dia-a-dia.

Segundo William Ferraz, especialista em Programação Neurolinguística (PNL) e diretor do Instituto Ideah, o estresse nada mais é do que o caminho natural do corpo ao responder os desafios que surgem na vida. Diante disso, uma parada na rotina sempre traz benefícios. “Os feriados são tão esperados pelas pessoas e também importantes para a vida por que é justamente um momento em que elas conseguem realmente gerenciar o próprio tempo e quebrar o ritmo acelerado da semana. Quando se tem mais tempo para fazer o que realmente gosta ou deseja, naturalmente, a pessoa já fica menos estressada. Essa parada também serve muitas vezes para repensar na vida e nas prioridades. Assim, aproveite esse feriado para fazer o seu principal hobby, seja ele qual for”, diz.

Porém, conforme William, as pessoas não precisam necessariamente utilizar apenas os feriados para desestressar. Essa desaceleração pode ser trabalhada diariamente, além disso, com os ensinamentos da PNL é possível provocar uma mudança radical e duradoura no estado emocional, nas atitudes e nos comportamentos. “Se o estresse não for controlado da maneira correta, ele pode levar à pressão alta, doenças cardíacas, ansiedade, depressão e ainda o aumento do peso corporal. Diante desse cenário preocupante, desligar totalmente e sair da rotina são atos mais do que necessários. A PNL ajuda nesse processo, já que as pessoas aprendem a usar a energia da forma correta e assim levar uma vida mais alegre e produtiva. Ao atingir a inteligência emocional, que é a capacidade de conduzir as emoções de maneira positiva, as pessoas conseguem afastar o estresse, mesmo em situações de pressão e adversidade que são normais na vida”, comenta.

Ainda segundo o especialista, um dos primeiros passos para levar uma vida mais leve é identificar o que realmente provoca o estresse. Isso porque, somente a partir do momento em que a pessoa está ciente do que causa o problema passa a ser possível desenvolver estratégias para tornar as coisas menos pesadas. Outra dica é incorporar na rotina o exercício, nem que seja uma caminhada até o restaurante no horário de almoço e ir de escada em vez do elevador até o andar do trabalho. Por fim, é necessário tirar alguns momentos para parar e respirar.

Artigo escrito pela equipe da Hayai Assessoria de Imprensa

Pin It on Pinterest

Share This