A família é merecedora de uma data comemorativa, e em razão da sua importância para a vida de todos, foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1994, o Dia Internacional da Família que é celebrado no 15 de Maio.

Na cultura ocidental, uma família é definida especificamente como um grupo de pessoas de mesmo sangue, ou unidas legalmente (como no casamento e na adoção). Muitos etnólogos argumentam que a noção de “sangue” como elemento de unificação familiar deve ser entendida metaforicamente; dizem que em muitas sociedades e culturas não ocidentais a família é definida por outros conceitos que não “sangue”. A família poderia assim se constituir de uma instituição normalizada por uma série de regulamentos de afiliação e aliança, aceitos pelos membros. A origem está na necessidade de lembrar importância da família para a sociedade, e trazer uma reflexão sobre o papel dela e na formação dos seres humanos. Como indivíduos, nascemos em uma família e com o passar do tempo criamos uma nova estrutura familiar. Isto significa que seria muito difícil compreender os seres humanos fora de suas relações familiares.

Família é formada por aquelas pessoas cujos laços, de sangue ou não, aqueles que fornecem suporte e segurança, que nos fazem agir com a melhor versão de nós mesmos para o amor, são tão fortes que têm a capacidade de conectá-las para sempre, independentemente de tempo ou distância. Elas não precisam morar sob o mesmo teto. E também não precisam ter como núcleo somente pai e mãe, podem ser nossos amigos, aquela vizinha de porta, nossos avós, uma madrinha, um casal homoafetivo. Um lugar este conceito é bastante vivenciado é no Instituto Ideah, onde as pessoas que passam pelos treinamentos acabam fazendo parte de uma grande família, chamada família Ideah. Muito bem acolhidas e respeitadas, sentem o amor de uma família em comunhão logo que passam pelo treinamento TL – Transformação e Liderança. Assim como o Instituto Ideah, aproveite ao máximo o tempo com as pessoas da sua família.

Seguem algumas sugestões para curtir momentos em família:

• Fazer um piquenique, que pode ser no jardim da praça ou mesmo no tapete da sala;

• Levar a família a jantar fora;

• Ir ao cinema ou fazer uma sessão pipoca em casa;

• Viajar em família;

• Vá à pontos turísticos das sua cidade e/ou cidades vizinhas em família;

• Organize um almoço, com música, histórias, e piadas, e

• Crie e aproveite as oportunidades de acordo com o seu contexto!

 

Feliz dia Da Família!

Carolina Takeuchi – Terapeuta do Instituto Ideah

Pin It on Pinterest

Share This