A vida moderna e o ritmo que toma conta das grandes cidades do país é estressante. Muitas pessoas, inclusive, trocariam qualquer luxo por um pouco de paz e tranquilidade. Mas, se é impossível deixar de viver nesse caos, seja por questões de trabalho ou relações familiares, há, por meio de técnicas da Programação Neurolinguística (PNL) formas de, internamente, conseguir essa tranquilidade tão buscada.
Isso porque, o treinamento trabalha alguns hábitos que, por exemplo, podem trazer efeitos negativos para o seu dia a dia. Ao perceber quais são eles e como mudá-los, a pessoa poderá ter muito mais controle sobre aquilo que altera seu humor e a maneira como enfrenta os desafios diários. “O estresse não deixa de ser um sinal claro do corpo apontando um descontentamento ou mesmo um sofrimento. Assim, encontrar a paz é forma de retomar o sentido da vida. O importante é que todas as pessoas têm, em si mesmos, a solução para esse problema, mas não há uma mágica. É preciso buscar internamente os recursos necessários, identificá-los e aprender a usá-los positivamente”, explica William Ferraz, especialista em PNL e diretor do Instituto Ideah.
A PNL também ajuda as pessoas a lidar com o estresse mostrando como desviar o foco do elemento externo que não fazem bem ao corpo. A principal busca é tirar a atenção da pressão externa e colocá-la na força interna, acessando os recursos adequados para assumir uma postura fortalecedora diante das circunstâncias. “A lógica é muito simples. Como não há uma forma de controlar os eventos que são enfrentados externamente e nos tiram a paz, o foco fica com o controle sobre a maneira que eles devem ser interpretados e também no que se refere a reação. Quando passamos por situações de estresse, o corpo reage automaticamente, provocando processos inconscientes, como alteração na temperatura, respiração e pressão sanguínea. Assim, quanto mais preparada estiver a sua inteligência emocional, mas adequada e rápida será a reação, mantendo o controle, tendo mais equilíbrio e, consequentemente, encontrando a paz”, comenta.
O indivíduo que tem um alto grau de controle sobre sua programação neurolinguística, além de conseguir manter a serenidade, tende, também, a ser um profissional mais bem-sucedido e com menos conflitos familiares, o além de ajudar a ter uma vida mais tranquila. “A Programação Neurolinguística é um processo que ensina as pessoas a utilizar todo o potencial do cérebro da maneira correta. Essa é a chave para atingir metas e alcançar a excelência. Com este conhecimento todas as pessoas podem desenvolver a importante capacidade de influenciar, de forma significativa, o ambiente a sua volta, de forma nunca antes imaginada. A PNL consegue quebrar paradigmas e ajuda o indivíduo a superar obstáculos que nem mesmo ele sabe que possui”, conclui William.

Pin It on Pinterest

Share This